Tumores do espaço parafaríngeo: a propósito de um caso clínico

Autores

  • Sandra Sousa e Castro Interna do Internato complementar de ORL do Centro Hospitalar do Porto, Portugal
  • José Abrunhosa Assistente Hospitalar Graduado do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto, Portugal
  • Cecília Almeida e Sousa Directora do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.37

Palavras-chave:

tumores do espaço parafaríngeo, aneurisma da artéria carótida interna, oclusão de aneurisma endovascular

Resumo

Os tumores do espaço parafaríngeo são raros e correspondem a menos de 1% de todas as neoplasias da cabeça e pescoço. Os tumores, benignos ou malignos, podem ter origem em qualquer uma das estruturas contidas no espaço parafaríngeo e geralmente apresentam-se como uma tumefacção indolor no pescoço ou orofaringe, geralmente o diagnóstico definitivo é anatomo-patológico; contudo é importante reconhecer a possibilidade de ocorrência de lesões vasculares que obrigam à realização de estudos imagiologicos desta região antes de se proceder a biópsia ou excisão da lesão. Os autores relatam um caso de uma doente com uma volumosa tumefacção parafaringea esquerda com 3 meses de evolução, indolor e causadora de disfagia. O estudo imagiológico demonstrou um aneurisma da artéria carótida interna que foi tratado através de procedimentos endovasculares com oclusão do aneurisma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

Sousa e Castro, S., Abrunhosa, J., & Almeida e Sousa, C. (1). Tumores do espaço parafaríngeo: a propósito de um caso clínico. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 47(1), 44-47. https://doi.org/10.34631/sporl.37

Edição

Secção

Caso Clínico

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 > >>