Rinossinusite crónica: papel dos biofilmes

Autores

  • Sandra Sousa e Castro Interna do Internato Complementar de ORL do Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • Carla Cardoso Assistente Hospitalar do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • José Gameiro dos Santos Assistente Hospitalar Graduado do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
  • Cecília Almeida e Sousa Directora do Serviço de ORL do Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.212

Palavras-chave:

rinossinusite crónica, biofilmes, mucosa nasossinusal

Resumo

A rinossinusite crónica é uma doença muito prevalente e possui um impacto sócio-económico importante1,2. É definida por um conjunto de sintomas, com duração superior a doze semanas, sendo os sinais da inflamação evidenciados pela rinoscopia anterior e endoscopia nasal. Também pode ser documentada imagiologicamente pela tomografia computadorizada1.

A patogénese desta doença permanece desconhecida3. Entre os vários factores causais que são apontados, destaca-se o papel dos biofilmes que têm despertado cada vez mais a atenção dos autores, nos últimos anos4,5. As infecções associadas aos biofilmes têm-se revelado refractárias ao tratamento prolongado com antibióticos4,6. Os biofilmes têm sido implicados em várias infecções da cabeça e pescoço nomeadamente na doença dentária e periodontal, otite média colesteatomatosa, otorreia associada a tubos de timpanostomia e amigdalite crónica7. Recentemente, vários autores têm comprovado a sua implicação na rinossinusite crónica2-7. Além disso, têm sido detectadas alterações estruturais na mucosa nasossinusal, por microscopia electrónica, em doentes com rinossinusite crónica portadores de biofilmes3,6. Têm-se sido detectados vários níveis de gravidade desde uma desorganização ciliar até a uma ausência completa de cílios e de células goblet6.

Neste trabalho, os autores pretendem efectuar uma revisão da literatura, publicada na língua portuguesa e inglesa, com actualização dos conhecimentos acerca da rinossinusite crónica e o papel dos biofilmes nesta patologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

- Fokkens W, Lund V, Mullol J. European Position Paper on Rhinosinusitis and Nasal Polyps. Rhinology. 2007; 45 (20): 1-139.

- Sanderson A, Leid J, Hunsaker D. Bacterial Biofilms on the Sinus Mucosa of Human Subjects with Chronic Rhinosinusitis. Laryngoscope. 2006 Jul; 116 (7):1121-6.

- Psaltis A, Ha K, Beule A, Wai Tan L, Wormald P. Confocal Scanning Laser Microscopy Evidence of Biofilms in Patients with Chronic Rhinosinusitis.

Laryngoscope. 2007 Jul; 117 (7): 1302-6.

- Bendouah Z, Barbeau J, Hamad W, Desrosiers M. Biofilm Formation by Staphylococcus aureus and Pseudomonas aeruginosa is Associated with an

Unfavorable Evolution After Surgery for Chronic Sinusitis and Nasal Polyposis. Otolaryngol Head Neck Surg. 2006 Jun; 134 (6): 991-6.

- Ha K, Psaltis A, Butcher A, Wormald P, et al. In Vitro Activity of Mupirocin on Clinical Isolates of Staphylococcus aureus and its Potential Implications in Chronic Rhinosinusitis. Laryngoscope. 2008 Mar; 118 (3): 535-40.

- Galli J, Calò L, Ardito F, et al. Damage to Ciliated Epithelium in Chronic Rhinosinusitis: What is the Role of Bacterial Biofilms? Ann Otol Rhinol Laryngol.

Dec;117 (12): 902-8.

- Hassan H, Ramadan M, Sanclement J, Thomas J. Chronic Rhinosinusitis and Biofilms. Otolaryngol Head Neck Surg. 2004 Jun; 132 (3): 414-7.

- Brook I, Bajaracharya H, Hinthorn D. Chronic sinusitis - eMedicine Specialties. Last update: Jun 2009. Available from: URL: http://emedicine.medscape.com/article/232791-overview.

- Lund V. Therapeutic Targets in Rhinosinusitis: Infection or Inflammation? Medscape J Med. 2008; 10(4): 105.

- Davies DG, Parsek MR, Pearson JP, Iglewski BH,et al. The Involvement of Cellto-cell Signals in the Development of a Bacterial Biofilm. Science. 1998 Apr 10; 280(5361): 295-8.

- De Beer D, Stoodley P, Roe F, Lewandowski Z. Effects of Biofilm Structure on Oxygen Distribution and Mass Transport. Biotechnol Bioeng. 1994 May; 43(11):1131-8.

- Xavier J, Picioreanu C, Rani S, Loosdrecht M, et al. Biofilm Control Strategies Based on Enzymic Disruption of the Extracellular Polymeric Substance Matrix – A Modeling Study. Microbiology. 2005; 151: 3817-32.

- Ghnnoum M, O´Toole G. Biofilm Antimicrobial Resistance in Microbial Biofilms. Washington DC: ASM Press. 2004; 14: 250-68.

Como Citar

Sousa e Castro, S., Cardoso, C., Gameiro dos Santos, J., & Almeida e Sousa, C. (1). Rinossinusite crónica: papel dos biofilmes. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 48(4), 201-205. https://doi.org/10.34631/sporl.212

Edição

Secção

Artigo de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 > >>