Paralisia facial periférica: Caso clínico de schwannoma congénito do nervo facial

Autores

  • Sara Cruz Interna Complementar do Serviço de ORL do Hospital Pedro Hispano, Matosinhos, Portugal
  • Nuno Trigueiros Assistente Hospitalar Graduado do Serviço de ORL do Hospital Pedro Hispano, Matosinhos, Portugal
  • Manuel Rodrigues e Rodrigues Director de Serviço de ORL do Hospital Pedro Hispano, Matosinhos, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.34631/sporl.178

Palavras-chave:

Schwannoma facial, Paralisia facial periférica, infantil, pediátrica, congénita

Resumo

A paralisia facial periférica pode resultar de várias causas, sendo idiopática em cerca de 75% dos casos e secundária em 25%1. Ocorre não só em adultos mas também em crianças, sendo 2 a 4 vezes menos frequente. O schwannoma do nervo facial é um exemplo de uma causa neoplásica, correspondendo a cerca de 5% das paralisias faciais, sendo necessário para o seu diagnóstico reunir um conjunto de dados clínicos, imagiológicos e patológicos, devido à falta de sintomas específicos. O tratamento da paralisia facial periférica está sujeito ainda alguma controvérsia e depende da causa subjacente. Os autores apresentam o caso clínico de uma criança, do sexo masculino, com 3 anos, referenciada à consulta de ORL por quadro de parésia facial periférica direita presente desde o nascimento, com agravamento progressivo. Os exames complementares realizados revelaram uma lesão sugestiva de tumor do nervo facial (schwannoma). Revêem sumariamente esta entidade, nomeadamente os principais métodos de diagnóstico e a abordagem terapêutica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Finsterer J. Management of peripheral facial nerve palsy. Eur Arch Otorhinolaryngol. 2008 Jul;265(7):743-52.

S. Santos-Lasaosa et al. Parálisis facial periférica: etiologia, diagnóstico y tratamiento. REV NEUROL 2000;30:1048-1053.

Kirazli T. et al. Facial nerve neuroma: clinical, diagnostic, and surgical features. Skull Base. 2004 14(2):115-20

Chung JW, Ahn JH, Kim JH, Nam SY, Kim CJ, Lee KS. Facial nerve schwannomas: different manifestations and outcomes. Surg Neurol. 2004 Sep;62(3):245-52.

Ulku CH, Uyar Y, Acar O, Yaman H, Avunduk MC. Facial nerve schwannomas: a report of four cases and a review of the literature. Am J Otolaryngol. 2004 Nov-Dec;25(6):426-31.

Angeli SI, Brackmann DE. Is surgical excision of facial nerve schwannomas always indicated? Otolaryngol Head Neck Surg. 1997 Dec;117(6):S144-7.

Kim CS, Chang SO, Oh SH, Ahn SH, Hwang CH, Lee HJ. Management of intratemporal facial nerve schwannoma. Otol Neurotol. 2003 Mar;24(2):312-6.

Como Citar

Cruz, S., Trigueiros, N., & Rodrigues e Rodrigues, M. (1). Paralisia facial periférica: Caso clínico de schwannoma congénito do nervo facial. Revista Portuguesa De Otorrinolaringologia E Cirurgia De Cabeça E Pescoço, 49(3), 165-168. https://doi.org/10.34631/sporl.178

Edição

Secção

Caso Clínico

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 3 > >>